terça-feira, 2 de outubro de 2012

E você, já malhou o seu períneo hoje?

 

Peri o quê? Períneo ou musculatura do assoalho pélvico. Continua achando esquisito, então leia com atenção!

Embora seja negligenciado pela maioria das pessoas em nossa cultura, o períneo é formado por um conjunto de músculos importantíssimos em nosso corpo. São eles que sustentam todos os nossos órgãos abdominais para que eles não “caiam” por entre nossas pernas. É o períneo o responsável por permitir que você segure a urina ou as fezes, é por ele que o bebê passa na hora do parto, enfim.

Senhoras e Senhores! Eis o períneo:

Tá, mas pra que que eu vou querer malhar o meu períneo se ninguém vê e nem faz diferença… Faz sim, querida! Faz muita diferença! Quem nunca ouviu falar de incontinência urinária? E as tias falando de “bexiga caída”, “útero caído”, incontinência fecal. E os velhinhos que deixam escapar gases ao mínimo esforço. É ou não constrangedor?

Com o passar dos anos e o abandono dessa parte do corpo, a musculatura vai enfraquecendo e já não faz mais o que deveria. Se torna difícil conter a vontade de urinar, podem haver dores fortes, no caso da mulher, com a menopausa o enfraquecimento aumenta ainda mais. Sem falar no peso do útero quando a mulher está grávida e do trabalho de parto em si. Tanta sobrecarga e ninguém considera o coitadinho importante e digno de cuidados e boa malhação…

Eu conheci o períneo em aulas de ioga e depois, durante a gravidez. Aprendi a exercitar essa musculatura e compreendi que um períneo forte pode prevenir lesões durante o parto natural, além do que, saber contrair e principalmente relaxar o períneo no momento expulsivo é fundamental para que o bebê nasça sem provocar lacerações importantes. A ignorância é tão grande em relação à essa parte do corpo, que em nossos hospitais, as raras mulheres que ainda tem parto normal (sim, por que infelizmente a epidemia de cesáreas continua se alastrando pelo nosso país) são rotineiramente submetidas à uma incisão no períneo, chamada episiotomia (o pique) que ACABA com as fibras musculares do períneo é nada mais é do que uma mutilação genital, uma atrocidade que já não tem razão de ser e teve sua inutilidade comprovada em 1985. Sim pasmem…. e muitas continuam agradecendo ao dotô pelo pique e pelo “pontinho extra” que garantiu que não ficassem “largas” depois do parto.

Na verdade, sendo o canal vaginal conposto de tecido muscular, o que vai causar a sensação de vagina larga ou apertada é justamente o grau de tonicidade dessa musculatura. E como o abdômem, que distende ao longo dos nove meses, a vagina também distende e volta para o lugar. Quanto mais tonificada, antes ela voltará. É por isso que exercícios como o kegel e o pompoarismo têm também a fama de melhorarem a sensibilidade da região e facilitarem o orgasmo femininino. Um períneo “sarado” é mais forte e irrigado sanguíneamente.

Aliás, nem só quem passa pelo parto normal pode ter problemas no períneo. Até por que se fosse assim, esse post não serviria para os homens, certo? O que provoca a sobrecarga é o peso da barriga e a pressão da cabeça do bebê contra o assoalho pélvico. E, como comentei antes, o próprio processo de envelhecimento. Para os homens, um períneo potente previne a ejaculação precoce, aumentando o tempo de ereção e, por aumentar a irrigação sanguínea no local, garante melhor “qualidade” erétil. Ah! agora vocês gostaram?

Então, bora malhar o períneo pra envelhecer com dignidade, porque ninguém merece fazer xixi na calça no meio de um espirro!

Se quiser saber como anda a sua musculatura perineal, faça o seguinte: contraia fortemente o períneo, o mais rápido e forte que puder e sustente a contração por 10 segundos. Se não sabe como contrair o períneo, contraia seu esfincter anal como se quisesse segurar um gás. Se conseguir, ótimo! Procure excercícios para continuar assim e melhorar ainda mais! Se não conseguir, sinal de alerta: talvez seja melhor consultar um profissional da área. Existem tratamentos específicos, fisioterapia e em casos mais graves, uma intervenção cirúrgica pode ser recomendada.

 

Para saber mais:

http://www.perineo.net/conteudo/index.php

http://amulhereoperineo.wordpress.com/2012/01/29/incontinencia-urinaria/

http://www.perineo.info/perineo.php

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/827521-perineo-bem-trabalhado-garante-vida-sexual-animada-e-postura-firme.shtml

http://www.xoepisio.blogger.com.br/2005_10_01_archive.html